Rudão anuncia medidas que colocam em risco a população

 

O prefeito de Pontal do Paraná, Rudão Gimenes vive no mundo da lua, ou não tem qualquer informação a respeito da gravidade da situação, principalmente com a Variante Delta da covid, já que os sinais que ameaçam o fim da pandemia mesmo após vacinação.

Já se sabe cientificamente, em documento, que a Delta se espalha muito mais rápido, tem maior probabilidade de infectar vacinados e pode desencadear doenças mais graves nos não vacinados em comparação com todas as outras variantes do coronavírus conhecidas. Também tende a romper com mais facilidade as proteções oferecidas pelos imunizantes.

No documento, o órgão adverte às secretarias estaduais e municipais que a variante Delta é altamente infecciosa e argumenta que os funcionários do governo devem “reconhecer que a guerra mudou”, considerando quão perigosa ela é.

Segundo o relatório e a equipe do prefeito Ruão não levou em consideração, diz que a variante Delta é mais transmissível do que outros vírus da família dos coronavírus, como Mers e Sars, bem como Ebola e varíola, além do resfriado comum ou da gripe sazonal.

O prefeito, atendendo as pressões econômicas, já visando o feriado prolongado, diz que há uma redução do contágio do Covid19, e isso, olha o perigo, possibilitaria a adoção de medidas mais brandas a imposição de riscos à saúde pública. E uma agravante com esse decreto, o prefeito não levou em consideração o fato de que Paraná apresenta a maior taxa de transmissão de Covid-19 do País

Decretou:

(leia aqui)

Decreto 98432021 Covid-19

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*