Requião vem a Pontal para inauguração do Comitê Oficial da Federação Paraná da Esperança, formada pelo PT, PCdoB e PV.

 

 

O pré candidato Roberto Requião participa no sábado dia 13 às 16 horas, no município de Pontal do Paraná, litoral, da inauguração do Comitê Oficial da Federação Paraná da Esperança, formada pelo PT, PCdoB e PV.

Em convenção, realizada no dia 23 de julho, a mesma federação confirmou candidatura de Roberto Requião para o governo do Paraná e de Jorge Samek para vice. Os diretórios estaduais das legendas também definiram os nomes em disputa para Assembleia Legislativa, com 55 candidaturas, e Câmara dos Deputados, com 31 candidaturas. A caminhada de Requião é animada por um projeto que reúne diversas forças políticas que defendem uma mudança de rumos no Paraná, que foi atirado na última década em um processo privatizante de suas mais importantes empresas públicas (Copel, Sanepar, Copel Telecom, Compagas), no desmonte dos serviços públicos, e no abandono de programas sociais e das políticas públicas de inclusão social.

Além disso, nos últimos meses, Requião opera um esforço político para atrair legendas e lideranças que extrapolam o campo de esquerda e centro-esquerda. É o que se chama de forma brejeira de a “Geringonça do Paraná”, uma alusão à experiência de aliança política da esquerda e dos progressistas que governa Portugal.

 

Segundo as pesquisas eleitorais e avaliações de inúmeros cientistas políticos, as eleições de 2022 indicam uma valorização da experiência dos gestores públicos. Ou seja, de políticos com uma trajetória conhecida pelo eleitor, o que é um contraponto à onda disruptiva de 2018, que abriu espaços para uma gama de aventureiros do tipo de Wilson Witzel, no Rio de Janeiro, e Romeu Zema, em Minas Gerais.

 

O desastroso governo bolsonarista e a desmoralização da Lava Jato também são fatores que incidem fortemente na conjuntura política e no humor da população. A conduta política irresponsável e bisonha do presidente Jair Bolsonaro contribuiu para o agravamento da crise econômica, institucional e sanitária em curso no país.

No próximo dia 13, às 16 horas Requião e seus aliados farão o encontro em Pontal do Paraná,  na Pr 412, número 5159 – Ipanema, com a presença de lideranças dos sete municípios do litoral.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*