Projeto de extensão envolve UFPR, professores e comunidades das ilhas

 

Integrantes do projeto de extensão “Saberes e Fazeres do Mar”, da UFPR Litoral (Matinhos) e do Centro de Estudos do Mar (Pontal do Paraná), participam do evento de formação continuada dos professores das ilhas do litoral do Paraná – Interilhas, ocorrido nos dias 7 e 8 de abril, em Paranaguá

InterIlhas é um evento semestral de formação continuada que reúne em Paranaguá professores/as, pedagogos/as e diretores/as que atuam nos colégios estaduais do Campo das ilhas do Litoral, organizado pela Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed), por meio do Departamento de Diversidade de Direitos Humanos (DEDIDH) e pelo Núcleo Regional de Educação de Paranaguá (NRE).

Desde 2019, o evento conta com a parceria da UFPR a partir das ações do projeto “Saberes e Fazeres do Mar”. Desde 2018, uma equipe interdisciplinar de 17 docentes da UFPR, atua com colaboradores e voluntários em 10 escolas estaduais localizadas nas ilhas, e também nas comunidades locais.

Neste ano, a equipe do projeto ficou responsável por desenvolver práticas educativas ativas que tiveram como foco as possibilidades de diálogo entre o currículo e temas que visam refletir e fortalecer os modos de vida e os territórios marinho-costeiros.

As oficinas ofertadas tiveram como temas o Turismo de Base Comunitária, a Pesca e Aquicultura e o Saneamento Ambiental, que foram demandados pelas próprias escolas envolvidas no projeto.

A metodologia utilizada visou a construção de um espaço de troca entre a universidade e os professores das ilhas. A participação dos grupos resultou em ricas ideias e discussões e culminou na elaboração coletiva de mapas conceituais, que foram apresentados no fechamento do evento e serão explorados na continuidade das ações do projeto.

O Interilhas 2022, além do compartilhamento de saberes e fazeres entre os participantes, foi marcado pela felicidade do reencontro presencial e por incontáveis abraços calorosos que também selam a parceria certeira e frutífera entre o projeto de extensão e as escolhas das ilhas.

Segundo as coordenadoras do projeto, professoras Vanessa Andreoli (Setor Litoral) e Lilian Mello (Centro de Estudos do Mar), o evento trouxe também resultados significativos de envolvimento e de diálogo entre o currículo e a realidade socioambiental local, diálogo este que será aprofundado no curso de Educação Ambiental Marinho-Costeira, que deverá ser ofertado às escolas das ilhas e suas comunidades nas modalidades de especialização e extensão.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*