Na falta de uma política habitacional, problemas de ocupação em Pontal do Paraná

 

Área de especulação imobiliária em Pontal tem ocupação na madrugada deste sábado. Famílias cansadas de aguardar um programa de habitação, acabaram de ocupar uma extensão de terra, no Floresta Negra na Moitinha, que dizem ser terrenos de ex prefeitos de Pontal do Paraná. Um dos principais problemas socioambientais relacionados à urbanização, a formação de núcleos de ocupação irregular por famílias de baixa

renda. Essas famílias por sua vez, acabam estabelecendo-se em áreas

desvalorizadas ou irregulares, muitas vezes encontradas em lugares de preservação,

de risco ou insalubres

 

Moradia é uma exigência que decorre da própria situação humana, referente à necessidade de o homem proteger-se das intempéries e possuir um espaço que sirva como referencial para sua vida social.

Lembrando que o direito à moradia consiste na posse exclusiva e, com duração razoável, de um espaço onde se tenha proteção contra a intempérie e, com resguardo da intimidade, as condições para a prática dos atos elementares da vida: alimentação, repouso, higiene, reprodução, comunhão.

O direito de moradia é, basicamente, o direito de ter um lar.

Essa questão pode parecer banal a quem já tem estabelecido um lar próprio; seja a casa própria ou alugada. Mas a moradia, a propriedade, a habitação são problemas e questões tratadas historicamente em diversos âmbitos, do jurídico ao governamental, passando inclusive pela medicina.

O Portal Sol Maior voltará em seguida com informações sobre essa ocupação.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*