INTOLERÂNCIA POLITICA TERMINA EM MORTE EM PONTAL

 

No último sábado (21) um homem foi morto após levar uma facada, devido a uma discussão sobre política, no Bairro Jardim Jacarandá, em Pontal do Paraná.

Uma equipe da Polícia Militar (PM) foi acionada às 16h45m para atender uma ocorrência de um homem que teria sido vítima de arma branca, a guarnição também foi informada de que o homem teria sido encaminhado por populares ao Posto de Saúde 24H de Praia de Leste.

Quando os militares chegaram ao local, às 17h16m, foram informados que a vítima já se encontrava em óbito. No ambiente, se encontravam alguns familiares que identificaram o rapaz como Armando Alves França Neto, de 28 anos.

INTOLERÂNCIA POLITICA

 

O ódio é o sentimento que nos cega, que destrói os costumes democráticos e que impossibilita a convivência dos diferentes.

Uma sociedade intolerante é aquela em que os discursos pronunciados são aqueles dos vencedores e derrotados, certos e errados, sabujos e ignorantes. Sociedades que se dividem entre o bem e o mal e que toma a violência como método da política.

Segundo os familiares de Neto, o homem estaria em um churrasco como acompanhante de um outro convidado, no pátio da empresa Camargo Betoneiras. Ele morava na cidade de Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba.

No local onde estava acontecendo o churrasco, a sócia da empresa apresentou algumas filmagens, nas quais aparece Neto conversando com a pessoa que o atingiu, e que estaria na função de assador do churrasco. Segundo os frequentadores, o motivo da discussão foi por causa de política, a vítima estava em defeza do ex presidente Lula e fazia argumentações que teriam provocado o ódio do Bolsonarista.  Após isso, Neto foi golpeado com uma faca na região do lado esquerdo do peito. Segundo o atendimento médico, o golpe teria atingido o coração.

A empresa tinha em seu banco de dados, os dados referentes a identificação do homem que foram repassados aos policiais. Quanto a faca utilizada no crime, ninguém soube informar, relatando que tudo ocorreu muito rápido.

O autor da facada, que já está identificado, fugiu logo em seguida e ainda não foi encontrado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*