Drama do Povo de Pontal

 

Várias ruas de Pontal do Paraná, no litoral do Paraná, ficaram alagadas por causa da chuva que atingiram a cidade no final da tarde de hoje. Um dos problemas urbanos mais dramáticos na vida de muitas pessoas de Pontal do Paraná é a ocorrência de enchentes, que provocam estragos que envolvem perdas materiais. Por isso, é importante entendermos esse problema para descobrirmos as melhores maneiras de evitá-lo.

Revolta de moradores dos Balneários que se sentem abandonados pela prefeitura.

Muitos canais apresentam dois tipos de leitos por onde correm suas águas: um menor e menos extenso, em que a água passa na maior parte do tempo, e um maior, que só é ocupado pelas águas em tempos de chuvas. Às vezes, esse leito maior leva anos para ser invadido pelas águas, de modo que passa a ser ocupado por moradias que serão, eventualmente, atingidas pelo rio e sofrerão com as enchentes.

As enchentes e inundações são muitas vezes causadas pela cheia de um canal, fazendo com que as suas águas elevem-se acima do normal em tempos de fortes chuvas. Assim, suas águas acabam “invadindo” o espaço de moradia de muitas pessoas, além de ruas e empreendimentos comerciais. As causas das enchentes estão relacionadas com fatores naturais e também com ações humanas ou até mesmo pela combinação dos dois fatores.

Hoje pela manhã o prefeito Rudão esteve cumprindo agendas em Curitiba. A primeira reunião foi na Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas do Paraná – SEDU, junto com deputado Alexandre Curi e o vereador Juvanete Pereira, para tratar da aquisição de uma máquina no valor de aproximadamente R$ 400 mil que será viabilizada por meio de emenda parlamentar do deputado. Maquina que serviria para auxiliar nos problemas das enchentes.

Também teve uma reunião com diretor geral da secretaria de Infraestrutura e Logística, José Brustolin Neto, tratando sobre o acordo de leniência da Ecovia e do alargamento da PR-407 na chegada das praias, em Praia de Leste.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*